VANE TESTS

(ENSAIO DE PALHETA)

Os ensaios “Vane Tests” são utilizados para determinação da resistência não drenada “Su” em solos argilosos na condição “in situ”.

 

Os Vane Tests, ou ensaios de palheta, tem por finalidade a determinação da resistência ao cisalhamento de argilas moles saturadas, submetidas à condição de carregamento não drenado (Su).

Este teste, normatizado pela ABNT NBR 10905/89  e ASTM D2573, consiste na cravação estática de palheta de aço, com secção transversal em formato de cruz com dimensões padronizadas, inserida até a posição desejada para a execução do ensaio.

Normalmente o ensaio é realizado em pré-furos, idealmente realizados por meio do sistema “hollow-auger”, que garante estabilidade da perfuração além de capacidade de realizar o ensaio em profundidades maiores. 

Uma vez posicionada a ponteira, aplica-se torque por meio de unidade de medição com velocidade de 6 graus / minuto. O torque máximo permite a obtenção do valor de resistência não drenada do terreno, nas condições de solo natural indeformado. 

Posteriormente, para obtenção da resistência não-drenada, representativa de uma condição pós-amolgamento da argila, gira-se a palheta rapidamente por 10 voltas consecutivas, obtendo-se a resistência não drenada do terreno nas condições de solo “amolgado”, permitindo avaliar a sensibilidade da estrutura de formação natural do depósito argiloso. 

Além do equipamento tradicional, em cujas medições de torque são realizadas na superfície, a Damasco Penna conta com equipamento da fabricante AP Vd Berg, desenvolvido inicialmente para obras “offshore”, em que o torque é medido na própria palheta, eliminando interferências das hastes do equipamento

RESULTADOS

Por meio dos ensaios “Vane Tests”, podem-se obter os seguintes resultados e parâmetros:

  • Gráfico do torque em função da rotação;
  • Resistência não drenada em condições naturais (Su);
  • Resistência não drenada em condição amolgada;
  • Sensibilidade da estrutura da argila.

PERFURAÇÃO COM SISTEMA "HOLLOW AUGER"

Os ensaios “Vane Test” devem ser realizados em solo minimamente perturbados. Em razão disso, as perfurações com trados helicoidais vazados “Hollow Auger” costumam ser das melhores alternativas para atingir-se a cota do ensaio.

Na animação abaixo, vemos o sistema de perfuração “Hollow Auger” com uso de hastes internas, permitindo chegada à cota do ensaio com solo minimamente perturbado.